Regional Últimas Notícias

Mostra artística quilombola conta a história do povoado de Brejinhos em João Alfredo, nesta sexta, 25

Alunos da escola municipal Heliodoro Gonçalves de Arruda, dividido em cinco salas temáticas, junto com ativistas, pesquisadores e representantes da comunidade Quilombola de Brejinho participam, nesta sexta-feira (25), de uma mostra artística que conta a história do povoado da cidade João Alfredo.

O evento que comemora o mês da Consciência Negra será realizado no estilo feira de visitação aberta ao público, no período das 8h às 16h.

Com o tema [Re]contando, a mostra contará com itens históricos do tempo da escravidão. As apresentações serão realizadas no espaço Casarão dos Arrudas, (colocar endereço). O povoado de Brejinhos tem aproximadamente 1.200 habitantes, no qual cerca de 600 são quilombolas.

Na comunidade existem organizações representativas, uma Associação Comunitária que tem como presidente – Rosineide Margarida de Sousa e vice – Missilene de Santana Silva e Associação Quilombola de João Alfredo, representada pelo presidente Genilson Severino da Silva e a vice Gilda Lúcia da Silva. No povoado de Brejinhos reside a senhora, Ana Laurinda Gomes, com aproximadamente 100 anos e com lucidez, ela é rezadeira e pode contar a história da comunidade Quilombola.

João Alfredo conta com outra comunidade quilombola no Sítio Serrote, onde também são realizadas ações e mobilizações, para valorização e preservação da cultura de raízes e o trabalho de combate ao preconceito racial.

Outros eventos culturais acontecem nas comunidades quilombolas, como por exemplo, quadrilhas no período junino com apoio da Prefeitura de João Alfredo, por meio da Secretaria de Educação e Diretoria de Cultura. A secretária de Assistência Social também tem parcerias importantes com ações pela da Igualdade Racial, a secretaria de Saúde com ações de cuidados e prevenções e administração municipal em um trabalho conjunto.

Deixe um comentário