Destaques Regional Últimas Notícias

Paulo Câmara discute ações para a primeira infância e para a educação com representantes do Unicef

O governador Paulo Câmara e a primeira-dama Ana Luiza participaram, na tarde desta quarta-feira (13.01), de reunião virtual com Florence Bauer, representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, e Dennis Larsen, chefe da instituição para o Território do Semiárido. Na pauta, temas importantes voltados para as necessidades específicas de crianças, adolescentes e suas famílias. Entre eles, o desafio da educação neste momento sem precedentes da história, quando foi preciso reorganizar políticas públicas para assegurar direitos, mesmo com distanciamento social, e a retomada de atividades econômicas.

De acordo com Paulo Câmara, o desenvolvimento da primeira infância é um ponto de atenção para os governantes. “O ano de 2020 foi de tanta dificuldade que, em 2021, a esperança chega com a vacina, com a preparação que nós fizemos e com o próprio setor médico e hospitalar já melhor organizado. Com ânimo, vamos tentar fazer com que esse ano seja realmente diferente, que possamos virar a página e pelo menos conviver com mais propriedade com esse vírus”, ponderou o governador. “Estamos à disposição para trabalharmos juntos mais uma vez. O Unicef sempre foi parceiro estratégico dos governos”, concluiu.

Segundo o Unicef, diante da situação de emergência as ações foram reprogramadas, incluindo a resposta à pandemia como prioridade e visando contribuir para o enfrentamento junto a gestores municipais e estaduais. Nesse sentido, estão sendo desenvolvidas iniciativas de suporte técnico nas áreas de saúde, proteção e educação, disponibilizando ferramentas e outros conteúdos com o intuito de fortalecer os gestores e suas equipes, além de realizar doações de kits básicos de higiene. A entidade se colocou à disposição para também cooperar com Pernambuco nas agendas de Educação e Saúde.

SELO UNICEF – É uma iniciativa que objetiva estimular e reconhecer avanços reais e positivos na realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. A adesão ao Selo UNICEF é espontânea e, ao fazê-lo, o município assume o compromisso de manter a agenda de políticas públicas pela infância e adolescência como prioridade.

Trinta e cinco municípios do Semiárido foram contemplados com o Selo Unicef, e são monitorados sobre indicadores da infância e adolescência. Dessas, 26 cidades têm ações do Programa Mãe Coruja: Agrestina, Arcoverde, Betânia, Bonito, Brejão, Buíque, Casinhas, Custódia, Flores, Inajá, Itapetim, Itaíba, Panelas, Pedra, Petrolina, Riacho das Almas, Saloá, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, Serra Talhada, São Caetano, Tacaimbó, Tacaratu, Triunfo e Venturosa.

“É de nosso interesse levar essa agenda do Selo Unicef aos municípios, aproveitando esse início de gestão com novos prefeitos, alguns reeleitos, mas muitos que estão iniciando um trabalho que precisa realmente chegar mais perto e apresentar essa pauta com mais detalhamento. É uma ação conjunta que podemos fazer para que tenhamos, nesses próximos ciclos, condições de avançar além dos 35 municípios que tivemos a capacidade, nos últimos anos, de certificar aqui em Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.

Participaram também da reunião os secretários estaduais André Longo (Saúde), Marcelo Barros (Educação) e Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), além de Fred Amancio, secretário de Educação da Prefeitura do Recife.

Deixe um comentário