Destaques Regional Últimas Notícias

Seminário Virtual homenageia os 100 anos de Mestre Solon

Iniciou na noite de ontem (14) o primeiro dia da programação do Seminário Virtual: “100 anos de Mestre Solon: um trabalhador da cultura”.

Com transmissão pela página do evento (https://www.facebook.com/100anosdeMestreSolon/) a realização é do “Núcleo de Cultura Popular”, do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

A primeira mesa do evento contou com a participação dos convidados Fernando Augusto Gonçalves dos Santos e Humberto Braga. O vídeo está disponível na página do evento.

A 2ª mesa está prevista para a próxima quinta-feira (17), com transmissão ao vivo às 18h30. Os convidados são Luciano Borges e Mestre Valdeck de Garanhuns.

CONVIDADOS: Luciano Borges é doutor e mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Graduado em História, é professor da FACHO e do Núcleo da EaD da UFRPE. É coordenador geral dos museus de Olinda e dirige o Museu do Mamulengo. É autor do livro “Carnaval do Recife: Um reinado de três dias”, publicado pela editora Livro Rápido em 2009. No seminário, falará sobre a doação familiar da coleção de bonecos de Solon ocorrida em 2017 ao Museu do Mamulengo de Olinda.

Mestre Valdeck de Garanhus é mamulengueiro, poeta, compositor, ator, artista plástico e contador de histórias. Com quarenta anos de trabalho com o boneco popular, suas obras integram coleções como do Museum für Völkerkunde de Frankfurt na Alemanha, America’s Chamber of Comerce de New York e Brasilian American Cultural Institute de Washington.

APRESENTAÇÃO DE MAMULENGO:Sandro Roberto. 19 de setembro (sábado), às 18 horas e 30 minutos.

Sandro Roberto é brincante, pedagogo e mestrando em Teatro pela UFRJ. O mamulengo é na maioria das vezes conceituado como uma brincadeira popular realizada por detrás de uma barraca com tecidos coloridos chamada de tolda. Com o mamulengo, o artista realiza o trabalho de “despir” o boneco, retirando-o da barraca e colocando-o aos olhos do público.

Na apresentação para o seminário, Sandro Roberto criou apresentação a partir do livro “Mamulengo: um povo em forma de bonecos” (1979), de Fernando Augusto. A partir de cenas de Solon transcritas no livro e de bonecos confeccionados pelo mamulengueiro homenageado, o artista desenvolveu apresentação que compõe nosso seminário.

SÉRIE “DEPOIMENTOS”:Os mestres Chico Simões, João Galego e Miro são importantes mamulengueiros em atividade. Eles conheceram ou trabalharam com Mestre Solon. Chico vive em Brasília, Miro e João Galego em Carpina. João Galego assistiu Solon na Praça de Carpina. Ele diz que esta experiência foi fundamental para seu trabalho como artista popular. João Galego escreveu ainda poemas em homenagem ao mestre.

Em Brasília, Chico Simões mantém Ponto de Cultura que se chama “Invenção Brasileira”, referência ao grupo de Solon. Os depoimentos trarão aspectos diferentes da relação destes bonequeiros com o artista homenageado.

A cada quinze dias, um depoimento será disponibilizado na página do seminário no Facebook seguindo este cronograma.

25 de setembro (sexta-feira), às 18 horas e 30 minutos:Depoimento de Mestre Chico Simões.

9 de outubro (sexta-feira), às 18 H30:Depoimento de Mestre João Galego.

23 de outubro (sexta-feira), às 18 H30:Depoimento de Mestre Miro.

De acordo com os organizadores todo o evento será transmitido pela página do Facebook do festival.

MESTRE SOLON- Solon Alves de Mendonça, mais conhecido como Mestre Solon, nasceu em 25 de fevereiro de 1920. Seu interesse pelo mamulengo ssurgiu quando ele tinha 8 anos de idade e assistiu pela primeira vez uma apresentação do Mamulengo de Chico Presepeiro. Impactado com aquela arte, Solon resolve seguir carreira nessa área.

Em 1937, ele criou o Mamulengo Invenção Brasileira.  Destacou-se também pela produção de bonecos movidos mecanicamente para reproduzir as atividades do seu cotidiano. Representou o nome de Carpina a nível nacional.

Mestre Solon morreu no dia 07 de julho de 1987, vítima de atropelamento em Brasília. Nessa ocasião, ele participava de um evento a convite da Cruzada de Ação Social deste Estado.

Deixe um comentário